Vídeo: O mais novo porta-aviões dos EUA passa por testes de explosivos na costa da Flórida - Carro e motos

Vídeo: O mais novo porta-aviões dos EUA passa por testes de explosivos na costa da Flórida

Vídeo: O mais novo porta-aviões dos EUA passa por testes de explosivos na costa da Flórida. Foto: Reprodução Youtube
Vídeo: O mais novo porta-aviões dos EUA passa por testes de explosivos na costa da Flórida. Foto: Reprodução Youtube
Vídeo: O mais novo porta-aviões dos EUA passa por testes de explosivos na costa da Flórida. Foto: Reprodução Youtube

O mais novo porta-aviões dos EUA, USS Gerald R. Ford (CVN-78) começou os testes de choque. O primeiro evento explosivo ocorreu na tarde de 18 de junho de 2021, na costa da Flórida. A explosão subaquática registrou 3,9 na escala Richter.

+ Ford Escort que Princesa Diana ganhou do Príncipe Charles é vendido por R$ 360 mil
+ Toyota revela primeira foto oficial da nova picape Tundra 2022
+ Loncin lança duas novas bigtrails, Voge 650DS e 650DSX por R$ 40 mil
+ Nova Honda CG 160 2022, veja as novidades, preço e ficha técnica

Full Ship Shock Trials (FSSTs) são um teste massivo e potencialmente invasivo de como todos os sistemas dos navios, assim como sua tripulação, se saem após grandes explosões ocorrerem nas proximidades do navio. Isso inclui tudo, desde a robustez dos sistemas de computador de bordo a elementos de reatores nucleares e sistemas de sensores a elementos de apoio à tripulação. Nada é deixado sem exame e todo o navio é preparado especificamente para os testes com milhares de quilômetros de cabeamento para suportar o equipamento de teste. A tripulação dos navios deve estar pronta para grandes danos e sua capacidade de responder a essa potencialidade faz parte da evolução dos testes.

Vídeo: O mais novo porta-aviões dos EUA passa por testes de explosivos na costa da Flórida. Foto: Reprodução Youtube
Vídeo: O mais novo porta-aviões dos EUA passa por testes de explosivos na costa da Flórida. Foto: Reprodução Youtube

Esses tipos de testes são extremamente importantes para uma nova classe de navios, especialmente uma tão complexa como a classe Ford , porque explosões próximas podem vir de mísseis antinavio, minas navais, torpedos ou mesmo outros navios próximos que sejam atingidos pelo inimigo. Também dá algumas dicas sobre como o navio pode se sair durante um ataque bem-sucedido. É uma questão de encontrar quaisquer pontos fracos e remediá-los. Qualquer problema também pode impactar a construção de futuros porta-aviões da classe Ford , quatro das quais estão planejadas e três das quais estão em fase de montagem no momento.

O resultado final é que o navio precisa ser capaz de sofrer uma explosão próxima e continuar a lutar. Os testes de choque ajudam a garantir que seja esse o caso.

Vídeo: O mais novo porta-aviões dos EUA passa por testes de explosivos na costa da Flórida. Foto: Reprodução Youtube
Vídeo: O mais novo porta-aviões dos EUA passa por testes de explosivos na costa da Flórida. Foto: Reprodução Youtube
  • arrow