Os carros que podem ser furtados em menos de 60 segundos

Os carros que podem ser furtados em menos de 60 segundos



Reprodução/Internet

O sistema de chave presencial — que não exige que o motorista retire-a do bolso para abrir as portas ou dar partida no motor — facilitou a vida dos motoristas… e dos ladrões também. É o que aponta uma reportagem da publicação britânica What Car?, que apontou a possibilidade de alguns automóveis serem abertos e até levados em menos de 60 segundos.

As chave presenciais funcionam emitindo um ou uma série de códigos, que são captados e interpretados pelo veículo, permitindo ou não a abertura das portas e a partida do motor. Mas esse mesmo código pode ser captado por um scanner, permitindo a um ladrão acessar e levar o veículo.

DS 3 Crossback
DS 3 Crossback

O recorde negativo da avaliação ficou com o DS 3 Crossback. Os dois especialistas em segurança eletrônica convidados pela publicação conseguiram abrir as portas do veículo em apenas cinco segundos e dar a partida no motor em outros cinco segundos. Outro resultado negativo foi o do Land Rover Discovery Sport. Foi possível abrir as portas em 10 segundos e dar a partida no motor em outros 20 segundos.

Alguns modelos, como o Audi TT RS Roadster, o BMW X3, o Ford Fiesta e o Mercedes-Benz Classe A, são dotados de sensores de movimento, que desativam as chaves após certo tempo de imobilidade e impedem a abertura das portas e a partida do motor. Mas o sistema também tem as suas brechas. Se o criminoso conseguir gravar os códigos nesse meio tempo, também é capaz de furtar esses veículos em menos de 60 segundos.

O único automóvel que não pôde ser “furtado” durante o teste foi o Land Rover Discovery. O carro está equipado com um sistema de rádio de banda ultralarga, no qual o scanner são consegui enganar o veículo. Os técnicos até conseguiram acessar o interior do SUV. Mas não foi possível dar a partida.

O único automóvel que não pôde ser "furtado" durante o teste foi o Land Rover Discovery
O único automóvel que não pôde ser “furtado” durante o teste foi o Land Rover Discovery
  • arrow