Nova Honda CB125F 2021 com consumo recorde de 67 km/l - Carro e motos

Nova Honda CB125F 2021 com consumo recorde de 67 km/l

Nova Honda CB125F 2021 com consumo recorde de 67 km/l. Foto: Divulgação



Nova Honda CB125F 2021 com consumo recorde de  67 km/l. Foto: Divulgação
Nova Honda CB125F 2021 com consumo recorde de 67 km/l. Foto: Divulgação

A nova CB125F 2021 vendida na Europa teve a carroceria totalmente redesenhada enquanto o motor foi revisado para minimizar o atrito interno, o resultado é um consumo recorde e 66,7 km / litro uma autonomia com tanque cheio de 800 km.

+ Nova superbateria de grafeno para carros elétricos com um tempo de carga de 15 segundos
+ Vídeo flagra colisão de picape contra motociclista nos EUA
+ Uma moto 0km, desde 1977 na caixa, vai a leilão e valor pode chegar a mais de R$ 190mil

Honda apresentou a nova CB125F 2021, a versão mais recente de sua moto de entrada, e embora seja derivada de um modelo nascido em 2015, podemos falar de uma atualização radical: 19 inscrições foram feitas para o desenvolvimento desta última edição patente.

Nova Honda CB125F 2021 com consumo recorde de  67 km/l. Foto: Divulgação
Nova Honda CB125F 2021 com consumo recorde de 67 km/l. Foto: Divulgação

A moto que é produzida na fábrica italiana de Atessa (CH), em Abruzzo, tem uma carroceria que lembra muito a de antes, mas foi totalmente redesenhada, e o quadro também é novo: uma estrutura tubular robusta, 1,7 kg mais leve que a anterior. A CB125F 2021 é uma moto de configuração tradicional, suspensão traseira com dois amortecedores reguláveis ​​na pré-carga e garfo telescópico de 31 mm.

As rodas de liga são de 18 polegadas com sistema de freio misto, na frente um disco de 240 mm com pinça de dois pistão e atrás de um tambor de 130 mm; ao usar o freio traseiro, o sistema de controle de intervenção combinado opera parcialmente o freio dianteiro também.

Nova Honda CB125F 2021 com consumo recorde de  67 km/l. Foto: Divulgação
Nova Honda CB125F 2021 com consumo recorde de 67 km/l. Foto: Divulgação

O mais surpreendente é o motor da família eSP (Enhanced Smart Power): monocilíndrico com duas válvulas como seu antecessor, tem um deslocamento de 124 cm³, mas as medidas de diâmetro e curso passaram de 52,4 por 57,8 milímetros para 50 por 63,1 mm e a taxa de compressão subiu de 9,2: 1 para 10: 1. Todas as tecnologias mais modernas foram utilizadas para reduzir o atrito e o resultado é um consumo surpreendente: o do modelo anterior que já era de incríveis, 51 km / litro, passou para 66,7 km / litro, com uma autonomia de mais de 800 km. Obviamente, tudo com a homologação Euro 5.

A potência não é estratosférica, mas aumentou ligeiramente de 7,8 kW para 8 kW (11 cavalos de potência) a 7500 rpm, com um torque de 10,9 Nm a 6000 rpm.

O peso total é de apenas 117 kg com o tanque cheio – 11 litros de gasolina -, ou seja 11 kg a menos que antes, e graças à leveza o CB125F é capaz de cobrir 200 metros da partida em 12,4 segundos.

  • arrow