JF-17. Foto: PAF/Divulgação

A Força Aérea da Nigéria incorporou oficialmente nesta quinta-feira (20) as três unidades do caça JF-17 Thunder adquiridos pelo país africano em 2016.

+ Pedro Scooby mostra Cintia Dicker como veio ao mundo e se declara
+ Modelo que inspirou Lady Dimitrescu revela a sua identidade
+ OVNIs: Obama afirma que não pode falar tudo que sabe sobre o assunto
+ “NBA 2K21” está disponível para download gratuito; saiba como
+ Dassault Rafale aposta corrida com um Bugatti Chiron; confira o vídeo

Related Post

Projetado pelos paquistaneses em conjunto com a chinesa Chengdu Aircraft Corporation, o JF-17 Thunder é um avião de caça supersônico de baixo custo, capaz de voar a até Mach 1.6. No país africano, irá operar em conjunto com helicópteros de ataque e futuramente com VANTs e com 12 unidades do Embraer A-29 Super Tucano, da variante produzida nos Estados Unidos pela empresa Sierra Nevada Corporation.

Nigéria incorpora aviões de caça feitos no Paquistão

Montado no Paquistão com componentes locais, chineses e o motor russo RD-93, o avião JF-17 Thunder é utilizado atualmente em seu país de origem, em Myanmar e agora na Nigéria, além de ser avaliado como um dos candidatos para reequipar a Força Aérea Argentina, atualmente sem um caça supersônico.