Honda apresenta a Rebel CMX1100 para bater de frente com a Harley-Davidson - Carro e motos

Honda apresenta a Rebel CMX1100 para bater de frente com a Harley-Davidson

Honda apresenta a Rebel CMX1100 para bater de frente com a Harley-Davidson. Foto: Divulgação



Honda apresenta a Rebel CMX1100 para bater de frente com a Harley-Davidson. Foto: Divulgação
Honda apresenta a Rebel CMX1100 para bater de frente com a Harley-Davidson. Foto: Divulgação

Desde antes da pandemia, rumores no Japão davam conta de que a Honda estava trabalhando em uma nova -e maior- estradeira da família Rebel.

+ Honda apresenta a nova Rebel 250 em salão virtual em Tóquio
+ Honda apresenta a custom Rebel 500 2020, com mesmo motor da CB 500
+ Harley-Davidson vai abandonar 50 países e fechar parte das concessionárias nos EUA
+ Harley-Davidson anúncia saída de CEO após 5 anos de prejuízo

Hoje, a linha é composta pela Rebel 300 e Rebel 500. Os boatos se confirmaram e a marca japonesa apresentou a CMX1100 Rebel. Como o nome diz, o motor será o maior da família de cruisers modernas da Honda.

A CMX1100 Rebel conta com o propulsor de dois cilindros e 1.084 cm³, o mesmo usado na Honda Africa Twin. No caso da Honda CMX1100 Rebel, o motor foi ajustado para oferecer melhor performance em baixas e médias rotações, por conta de sua proposta mais estradeira. Como resultado dessas modificações, ele entrega 87 cv de potência máxima 7.000 rpm e 9,9 kgfm de torque 4.750rpm.

Painel digital da Honda CMX1100 Rebel
Painel digital da Honda CMX1100 Rebel. Foto: Divulgação

A nova Rebel já traz acelerador eletrônico, controle de tração com modos selecionáveis, controle de empinada, controle de cruzeiro e quatro modos de pilotagem. De série, seu câmbio é de seis velocidades. O chassi da nova CMX1100 Rebel tem estrutura de aço tubular, mas usando tubos mais largos. Na suspensão dianteira foi usado um garfo telescópico convencional, enquanto a traseira recebeu amortecedores duplos com ajuste de pré-carga. O assento fica a 700 mm de altura do solo e o peso é de 223 kg em ordem de marcha.

Os freios possuem ABS de dois canais e usam disco flutuante de 330 mm de diâmetro e pinça radial na dianteira e disco simples de 256 mm na traseira
Os freios possuem ABS de dois canais e usam disco flutuante de 330 mm de diâmetro e pinça radial na dianteira e disco simples de 256 mm na traseira. Foto: Divulgação

Os freios possuem ABS de dois canais e usam disco flutuante de 330 mm de diâmetro e pinça radial na dianteira e disco simples de 256 mm na traseira. Suas rodas são de alumínio fundido, com 18 polegadas na dianteira e 16 na traseira. Elas calçam pneus largos, nas medidas 130/70 na dianteira e 180/65 atrás. Completam o pacote de itens de série iluminação de LED e painel de instrumentos digital. A lista de opcionais conta com itens como banco tipo conforto, bauleto traseiro, carenagens extras e bagageiros laterais.

As vendas nos EUA e na Europa terão início em março de 2021. Nos EUA, a novidade custará a partir de US$ 9.299, ou cerca de R$ 50 mil na conversão direta. Uma de suas principais rivais deverá ser a Harley-Davidson Sportster 1200 que, nos EUA, custa US$ 9.990 (R$ 53,6 mil). No entanto, a nova Honda CMX1100 terá ainda opcionalmente a transmissão automatizada DCT de dupla embreagem com seis velocidades.

  • arrow