Harley-Davidson anúncia saída de CEO após 5 anos de prejuízo - Carro e motos

Harley-Davidson anúncia saída de CEO após 5 anos de prejuízo

CEO da Harley-Davidson deixa a Motor Company. Foto: Reprodução Instagram
CEO da Harley-Davidson deixa a Motor Company. Foto: Reprodução Instagram
CEO da Harley-Davidson deixa a Motor Company.
Foto: Reprodução Instagram

A Harley-Davidson anunciou na sexta-feira, 6 de março, que Matt Levatich, CEO da empresa há cinco anos, deixa o cargo. Levatich também era presidente e membro do conselho de diretores da fabricante de motos, cargos que também deixa ao sair da empresa.

+ Harley-Davidson baixa preços de dois modelos
+ Harley-Davidson comemora 30 anos da Fat Boy com edição limitada de 2500 unidades
+ Harley-Davidson Screaming Eagle 131 – Novo propulsor para a linha Touring da HD

Levatich estava na empresa há 26 anos e a saída é fruto de um acordo entre as duas partes. O motivo que levou à saída do executivo foi a sequência de quedas nas vendas globais da marca desde que Levatich assumiu o cargo.

“Considero-me uma pessoa de sorte por ter passado tanto tempo com uma companhia tão reverenciada quanto a Harley-Davidson. O esforço e a determinação de todos os funcionários e vendedores, além da dedicação deles para levar nossa marca para as pessoas ao redor do mundo sempre foi algo inspirador. Tenho orgulho do que conseguimos alcançar no período em que fui CEO. Em um dos momentos mais desafiadores de nossa história, fizemos avanços com o plano “More Roads to Harley-Davidson” que vão levar a Harley-Davidson para ter sucesso a longo prazo, acredito nisso”, escreveu o ex-CEO da fabricante em um comunicado.

Jochen Zeitz, que assume também a presidência e uma das cadeiras do conselho
Jochen Zeitz, o novo CEO, assume também a presidência e uma das cadeiras do conselho. Foto: Reprodução Instagram

Para o lugar de Levatich, a Harley-Davidson escolheu provisoriamente Jochen Zeitz, que assume também a presidência e uma das cadeiras do conselho. Zeitz é conhecido no mercado por ter virado o jogo de forma positiva para a Puma, fabricante de calçados e roupas esportivas, e por ter incentivado a produção da LiveWire, a primeira moto elétrica da marca.

“O conselho e Matt entraram em um acordo e concordaram que é hora de ter uma nova liderança na Harley-Davidson. Matt foi fundamental na definição do “More Roads to Harley-Davidson”, mas agora vamos em busca de uma nova liderança para recarregar nossos negócios”, comentou Zeitz.

“Em nome do conselho, eu gostaria de agradecer a Matt pelos 26 anos dedicados à Harley-Davidson. Ele trabalhou incessantemente para conduzir a empresa em um período de mudanças significativas na indústria e, ao mesmo tempo, para garantir a preservação de uma das marcas mais icônicas do mundo. O conselho da Harley-Davidson e a diretoria seguirão trabalhando juntos enquanto procuramos um novo CEO”, concluiu o novo CEO.

  • arrow