Governo deve enviar projeto para fixar ICMS sobre combustíveis - Carro e motos

Governo deve enviar projeto para fixar ICMS sobre combustíveis

Preços de gasolina e diesel serão reduzidos a partir de amanhã (27) . Foto: Pixabay
Preços de gasolina e diesel serão reduzidos a partir de amanhã (27) . Foto: Pixabay
Governo deve enviar projeto para fixar ICMS sobre combustíveis

O Executivo deve enviar ao Congresso um projeto de lei complementar para fixar a cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é estadual, sobre o valor do combustível aos consumidores. De acordo com ele, outra proposta é que o ICMS seja cobrado sobre o preço dos combustíveis na refinaria, e não no preço médio nas bombas, como é feito atualmente.

+Suzuki lança a terceira geração da lendária hiper-desportiva Hayabusa por mais de R$ 125 mil
+Volkswagen Nivus estreia no serviço Sign&Drive

+Produção de veículos cai 4,6% de dezembro para janeiro, diz Anfavea

Desde 2016, a Petrobras segue uma política de variação do preço dos combustíveis que acompanha a valorização do dólar e a cotação do petróleo no mercado internacional. Desde o início do ano, a Petrobras reajustou duas vezes o preço da gasolina e uma vez o preço do diesel. No caso da gasolina, a alta acumulada nas refinarias foi de cerca de 13%, enquanto o óleo diesel teve aumento de 4,4%.

Depois da definição dos preços nas refinarias, na composição final do diesel, por exemplo, cerca de 9% são impostos federais (PIS e Cofins) e 14% são de ICMS. Os demais custos, segundo dados da própria Petrobras, são distribuição e revenda (16%), custo do biodiesel (14%) e realização da estatal (47%). Com isso, o valor final ao consumidor chega a ser o dobro do das refinarias.

O governo federal também estuda a redução do PIS/Confins sobre combustíveis como compensação ao aumento da arrecadação. A previsão da equipe econômica é de crescimento do PIB em torno de 3,5% neste ano, o que, de acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, pode ser repassado à população em forma de desoneração de impostos, gradualmente.

Com Agência Brasil

  • arrow