Dublê de 28 anos morre ao tentar bater recorde mundial de salto sobre duas rodas - Carro e motos

Dublê de 28 anos morre ao tentar bater recorde mundial de salto sobre duas rodas

Dublê de 28 anos morre ao tentar bater recorde mundial de salto sobre duas rodas
Dublê de 28 anos morre ao tentar bater recorde mundial de salto sobre duas rodas. Foto: Reprodução Instagram
Dublê de 28 anos morre ao tentar bater recorde mundial de salto sobre duas rodas. Foto: Reprodução Instagram

O dublê e motociclista Alex Harvill, morreu enquanto participava de gravações para um evento de airshow enquanto tentava bater o recorde mundial de salto sobre duas rodas, nos Estados Unidos.

+ Flávia Alessandra impressiona ao exibir treino e boa forma: ‘extasiada’
+ Belo relembra corpo sarado e diz que Gracyanne vem o ajudando a ficar em forma
+ Irmã de Paulo Gustavo posta foto chorando e desabafa: ‘bizarro sem você’

Harvill, de 28 anos , estava praticando no Aeroporto Internacional de Grant County em Moses Lake, Washington, quando o acidente ocorreu, de acordo com o Grant County Coroner’s Office.

O salto recorde foi estabelecido para ocorrer no Moses Lake Airshow na manhã de quinta-feira, mas ele foi fatalmente ferido em um salto de aquecimento antes da tentativa recorde. Foi o primeiro evento programado do show de três dias.

Harvill estava tentando quebrar o recorde de distância para o salto de motocicleta mais longo, estabelecido em 351 pés por Robbie Maddison em março de 2008.

“Nossas mais profundas condolências vão para a família, amigos e entes queridos de Alex”, disse o gabinete do xerife em um comunicado.

Maddison postou uma lembrança para Harvill na noite de quinta-feira, dizendo que estava “arrasado” com a notícia.

“[Ele] estava decidido a estabelecer um novo recorde mundial hoje quando pagou o preço final”, escreveu Maddison no Instagram . “Meu coração está partido por sua família. Enviando nosso amor para Jessica, Willy e Watson.”

“Suzy [nome em que batizou sua motocicleta] está pronta! Salto de recorde mundial, dia 17 de junho às 10h, Aeroporto Internacional de Grant County”, escreveu, um dia antes do acidente.

Um vídeo divulgado e que circula pela web mostra Harvill saltando com a moto sobre uma rampa, a uma distância de pouco mais de 100 metros, quando a motocicleta bate e o motociclista é arremessado em alta velocidade. O objetivo do desafio era que a moto passasse por cima da montanha de areia.

Uma autópsia será realizada para determinar a causa exata de sua morte. O xerife do condado de Grant, no estado de Washington, também se pronunciou. “Nossas mais profundas condolências vão para a família, amigos e entes queridos de Alex”, disse, em comunicado.

A companhia organizadora do evento, Moses Lake Airshow, se pronunciou no Facebook pouco depois de acidente. “Lamentamos informar que no dia de hoje, o primeiro do nosso evento de airshow, Alex Harvill se feriu durante o aquecimento em que tentaria o novo recorde mundial para o Guinness Book, e foi levado para o hospital. Não temos mais informações no momento sobre o incidente”, dizia o comunicado, divulgado antes da confirmação de que Alex Harvill morreu ao tentar bater o recorde.

Hills era considerado um dublê e motociclista experiente: detinha um recorde mundial de 2013 ao saltar de uma rampa a uma distância de 85 metros participou de inúmeras filmagens e atrações de TV.  Ele deixa esposa e dois filhos, um deles um bebê de apenas um mês de idade.

  • arrow