5 dicas para cuidar dos carros antigos - Carro e motos

5 dicas para cuidar dos carros antigos

5 dicas para cuidar dos carros antigos



5 dicas para cuidar dos carros antigos
5 dicas para cuidar dos carros antigos. Foto: Divulgação

Não importa se são novos ou já possuem vários anos, para que os objetos pessoais tenham uma maior duração, é fundamental que sejam usados prudentemente por toda pessoa que entrar em contato com eles.

Os carros não são a exceção a esta regra. Por este motivo toda pessoa que gosta de veículos sabe que a forma na qual são tratados faz muita diferença no ciclo de vida e no funcionamento dos automóveis. Quando se trata de peças antigas, os cuidados devem ser ainda mais delicados.

No passado, o antigomobilismo era quase como as apostas no Brasil: embora não estivesse proibido como os jogos de azar, era um hobby para pessoas de posições econômicas muito favoráveis.

Felizmente com o passar dos anos esta tendência se modificou e cada vez mais pessoas têm acesso a este tipo de veículos.

Se você está pensando em comprar um carro antigo, mas não sabe como cuidar dele, a continuação lhe deixamos alguns conselhos.

5 recomendações para cuidar do seu carro antigo

Quer deixar seu veículo de anos atrás como se tivesse acabado de sair da concessionária? Confira estas dicas.

Use os lubrificantes adequados

Os líquidos de lubrificação devem ser unicamente aqueles que estão recomendados para a marca e o modelo do carro.

Se você utilizar lubrificantes com uma viscosidade diferente da aconselhada para seu tipo de automóvel correrá o risco de ter problemas em temperaturas extremas.  

Adicionalmente, é bom se atentar ao tempo de permanência do lubrificante dentro do compartimento específico, pois, ao entrar em contato com o ar, o líquido sofre deterioramento. Caso a quilometragem que indica a mudança não se ultrapasse em um período de 6 meses, a recomendação é fazer a troca para evitar inconvenientes.

Esquentar o motor antes de dirigir

Lembra que quando você era criança seus pais e avós costumavam esquentar seus veículos antes de partir? Pensa que é uma prática sem sentido? Não é!

Todos os carros, especialmente os antigos, precisam ser esquentados antes de dirigir devido a que os motores funcionam melhor em uma temperatura específica. Em consequência, seguir esta instrução melhora o desempenho do veículo e diminui as possibilidades de danos e inconvenientes.

Preste atenção aos freios

Os carros antigos possuem sistemas de freio por tambor, que é muito diferente do mecanismo dos modelos mais novos, que utilizam travagens a disco.

Os freios a tambor têm uma lona que vai se gastando com o tempo e com a utilização, e devem ser trocados para evitar brecadas bruscas que podem prejudicar a estrutura do veículo, como também causar acidentes.

 Controle os pneus

Porque se não estiverem em condições, a cinta de metal interna pode se deformar. Para prevenir isto, faça-os calibrar com frequência.

Adicionalmente, atente-se à data de validade dos pneus, porque se estiverem ressecados, podem não se aderir ao asfalto, ocasionando danos.

Cuide da aparência externa

Quer que seu carro antigo seja uma delícia para os olhos? Então você precisará prestar atenção à pintura, lavando o chassi e cada compartimento do veículo com produtos indicados para cada superfície.

Escolha sempre detergentes neutros para que a pintura não se degrade. Também será necessário que passe cera no carro e que o proteja da luz solar usando capas de boa qualidade.

  • arrow